Ação de alma e suas potencialidades para pesquisa: o caso do escravo contra o preto forro na São Paulo setecentista